Tão bom morrer de amor...



"Tão bom morrer de amor e continuar vivendo."
Mário Quintana

2 comentários:

♪ Sil disse...

De amor não morro mais.

E que delicia é continuar vivendo!


Beijooooooo

Bauru disse...

Sil, acho que eu morro de amor todos os dias e muitas vezes, mas como é gostoso voltar à vida ao abrir os olhos...

P.s.: falo isso também como autoafirmação... digamos que eu mais precise do que viva neste momento.

Postar um comentário