Morto sim, mas vivo

Amor-Proibido

"Até as estrelas que já morreram continuam a brilhar"

Maurício de Barros

2 comentários:

♪ Sil disse...

Sábias palavras!

Bjão

Bauru disse...

Sil , e serve pra tantos contextos em nossas vidas, não é? Beijo também pra você.

Postar um comentário